Alloa - Pensar_a_Imagem_Traducao_brasileira.pdf

February 8, 2018 | Author: Anonymous | Category: Documents
Share Embed


Short Description

de imagens no mundo contemporâneo parece – e. Emmanuel Alloa (Org.) PENSAR A IMAGEM Nacional de pesquisa eikónes. Pr...

Description

“O que é uma imagem? A múltipla proliferação de imagens no mundo contemporâneo parece – e esse é seu paradoxo – inversamente inversamente proporcional à nossa faculdade de dizer com exatidão ao que elas correspondem. [...] Por um lado, interrogar-se sobre o que é uma imagem seria ainda ignorar que a imagem tende a se disseminar, declinar-se dela mesma em formas plurais, se desmultiplicar em um devir-fluxo que se sustentaria instantaneamente no Um. Por outro lado, perguntar o que é uma imagem retorna inevitavelmente inevitavelm ente a uma ontologia, a uma interrogação sobre seu ser . Ora, nada parece menos seguro do que o ser  da  da imagem. [...] A polarização da imagem que se opera através do duplo paradigma da transparência e da opacidade permite um exorcismo quase perfeito da inquietude suscitada pelas imagens. Assim, dissociada em dois terrenos separados, a imagem não coloca tanto um problema teórico, mas formará um objeto a mais para um pensamento já constituído.”

FILO ESTÉTICA

E  m m  a n  u  e l   A  l   l    o  a

Emmanuel Alloa (Org.)

PENSAR A IMAGEM

 (     O  r   g  .  )   

Georges Didi-Huberman Jacques Rancière W. J. T. Mitchell Horst Bredekamp Hans Belting Emanuele Coccia Jean-Luc Nancy Marie-José Mondzain Gottfried Boehm Emmanuel Alloa

P  E  N  S  A  R  A  I   M A   G  E  M

Pensar a imagem   é ao mesmo tempo

um título e uma necessidade. Organizado por Emmanuel Alloa, o livro reúne diferentes autores em torno de um objeto durante muito tempo excluído do logos  filosófico e que hoje, mais do que nunca, determina nossa relação com o real: a imagem. Em 1994, dois autores presentes neste volume – Gottfried Boehm , na Alemanha, e W. J. T. T. Mitchell, nos Estados Unidos – abriram o debate ao nos convidarem a substituirmos a “virada linguística”, que marcou o pensamento da primeira metade do século XX, por uma “virada icônica”. Na Alemanha, historiadores da arte como Hans Belting e Horst Bredekamp retoma-

ram esse convite, abrindo caminho para a criação de uma “ciência da imagem”, que faria eco à “ciência da linguagem”. O volume documenta um certo número de debates dos últimos anos, como aquele entre Georges Didi-Huberman e Jean-Luc Godard ou entre W. J. T. Mitchell

e Jacques Rancière. Além disso, conta ainda com contribuições de autores como

Marie-José Mondzain, Emanuele Coccia e Jean-Luc Nancy. Algumas perguntas centrais desenham o quadro de reflexões

a que este livro se dedica: o pensamento ocidental é iconofóbico? É a imagem estruturada como uma linguagem? Há uma ISBN 978-85-8217-618-4

Tradução

9 788582176184

Carla Rodrigues (coordenação) Fernando Fragozo Alice Serra Marianna Poyares

www.autenticaeditora.com.br

 Emmanuel Alloa (Org.)

Pensar a imagem

lógica das imagens diferente da lógica do texto? Qual a relação entre imagem e poder? Precisamos de uma ética da imagem? As imagens podem funcionar como

reparação ou como restituição?

 Emmanuel Alloa (Org.)

Pensar a imagem

Outros livros da FILO

FILO  A sabedoria trágica

Sobre o bom uso de Nietzsche Michel Onfray 

 A teoria dos incorporais no estoicismo antigo Émile Bréhier  FILO AGAMBEN

 A comunidade que vem Giorgio Agamben Bartleby, ou da contigência Giorgio Agamben seguido de Bartleby, o escrevente Herman Melville O homem sem conteúdo Giorgio Agamben Ideia da prosa Giorgio Agamben Introdução a Giorgio Agamben Uma arqueologia da potência Edgardo Castro  Meios sem fim Notas sobre a política Giorgio Agamben Nudez Giorgio Agamben  A potência do pensamento Ensaios e conferências Giorgio Agamben FILO BATAILLE

O erotismo Georges Bataille  A parte maldita Precedida de “A noção de dispêndio” Georges Bataille FILO BENJAMIN

O anjo da história Walter Benjamin Baudelaire e a modernidade Walter Benjamin Imagens de pensamento Sobre o haxixe e outras drogas Walter Benjamin Origem do drama trágico alemão Walter Benjamin

Rua de mão única Infância berlinense: 1900 Walter Benjamin FILO ESPINOSA

Breve tratado de Deus, do homem e do seu bem-estar Espinosa  A unidade do corpo e da mente Afetos, ações e paixões em Espinosa Chantal Jaquet  FILO ESTÉTICA

O belo autônomo Textos clássicos de estética Rodrigo Duarte (org.)  O descredenciamento filosófico da arte Arthur C. Danto  Do sublime ao trágico Friedrich Schiller  Íon Platão  FILO MARGENS

O amor impiedoso (ou: Sobre a crença) Slavoj  Ž i že  k 

Estilo e verdade em Jacques Lacan Gilson Iannini  Introdução a Foucault Edgardo Castro  Kafka Por uma literatura menor Gilles Deleuze Félix Guattari  Lacan, o escrito, a imagem Jacques Aubert, François Cheng, Jean-Claude Milner, François Regnault, Gérard Wajcman O sofrimento de Deus

Inversões do Apocalipse Slavoj Žižek Boris Gunjevic´  ANTI FILO

 A Razão Pascal Quignard 

FILOESTÉTICA

 Emmanuel Alloa (Org.)

Pensar a imagem

Tradução

Carla Rodrigues (coordenação), Fernando Fragozo, Alice Serra e Marianna Poyares

Copyright © Les presses du réel, Dijon Tradução publicada mediante acordo com Les presses du réel, Dijon, www.lespressesdureel.com Copyright © 2015 Autêntica Editora Título original: Penser l’image Todos os direitos reservados pela Autêntica Editora. Nenhuma parte desta publicação poderá ser reproduzida, seja por meios mecânicos, eletrônicos, seja via cópia xerográfica, sem a autorização prévia da Editora. Todos os esforços foram feitos no sentido de encontrar os detentores dos direitos autorais das obras que constam deste livro. Pedimos desculpas por eventuais omissões involuntárias e nos comprometemos a inserir os devidos créditos e corrigir possíveis falhas em edições subsequentes. COORDENADOR DA COLEÇÃO FILÔ

EDITORA ASSISTENTE

Gilson Iannini 

Cecília Martins

CONSELHO EDITORIAL

PROJETO GRÁFICO

Gilson Iannini  (UFOP); Barbara Cassin (Paris); Cláudio Oliveira (UFF); Danilo Marcondes (PUCRio); Ernani Chaves (UFPA); Guilherme Castelo Branco (UFRJ); João Carlos Salles (UFBA); Monique David-Ménard  (Paris); Olímpio Pimenta (UFOP); Pedro Süssekind (UFF); Rogério Lopes (UFMG); Rodrigo Duarte (UFMG); Romero Alves Freitas (UFOP);  Slavoj Žižek   (Liubliana); Vladimir Safatle (USP)

Diogo Droschi  REVISÃO

Lira Córdova Renata Silveira CAPA

 Alberto Bittencourt  DIAGRAMAÇÃO

 Jairo Alvarenga Fonseca

EDITORA RESPONSÁVEL

Rejane Dias

Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) (Câmara Brasileira do Livro, SP, Brasil)

Pensar a imagem / Emmanuel A lloa, (org.). – 1. ed. – Belo Horizonte : Autêntica Editora, 2015. (Coleção Filô/Estética) Título original: Penser l’image. Vários autores. Vários tradutores. ISBN 978-85 -8217-618-4 1. Arte - Filosofia 2. Estética 3. Imagem 4. Percepção visual I. Alloa, Emmanuel. 15-03707

CDD-700.1 Índices para catálogo sistemático: 1. Percepção visual : Arte : Ensaios 700.1

Belo Horizonte

São Paulo

Rua Aimorés, 981, 8º andar . Funcionários 30140-071 . Belo Horizonte . MG Tel.: (55 31) 3214 5700

Av. Paulista, 2.073, Conjunto Nacional, Horsa I . 23º andar, Conj. 2301 . Cerqueira César . 01311-940 . São Paulo . SP Tel.: (55 11) 3034 4468

Televendas: 0800 283 13 22 www.grupoautentica.com.br

Sumário

7.

Introdução  Entre a transparência e a opacidade – o que a imagem dá a pensar  Emmanuel Alloa

I. O lugar das imagens 23.

Aquilo que se mostra. Sobre a diferença icônica Gottfried Boehm

39.

A imagem entre proveniência e destinação Marie-José Mondzain

55.

Imagem,  mímesis &  méthexis  Jean-Luc Nancy

II. Perspectivas históricas 77.

Física do sensível – pensar a imagem na Idade Média Emanuele Coccia

93.

Da idolologia. Heidegger e a arqueologia de uma ciência esquecida Emmanuel Alloa

115.

A janela e o muxarabi: uma história do olhar entre Oriente e Ocidente Hans Belting

III. A vida das imagens 141.

Mãos pensantes – considerações sobre a arte da imagem nas ciências naturais Horst Bredekamp

165.

O que as imagens realmente querem? W. J. T. Mitchell

191.

As imagens querem realmente viver?  Jacques Rancière

IV. Restituições 205.

Devolver uma imagem Georges Didi-Huberman

227.

Ilustrações

231.

Sobre os autores

235.

Sobre os tradutores

View more...

Comments

Copyright © 2017 DOCIT Inc.